Nossa História


O Centro Educacional Pequenino Mundo foi fundado em 1987 com o objetivo de educar crianças para a vida em um mundo em constante mudança. Nesse ano, as diretoras Márcia Resende e Marilene Pereira, inauguraram o Maternal, Jardim I, Jardim II e Pré-Escolar e deram início às atividades com o apoio de três professoras, em um prédio ainda alugado.

 Muitas foram as conquistas até a implementação do 2º ano do Ensino Fundamental em 1998, já com uma equipe pedagógica maior e que compartilhava do mesmo lema.

No ano seguinte, em 1999, a escola adquiriu seu espaço próprio, devidamente regulamentado, e seu projeto pedagógico foi solidificado, refletindo não apenas na avaliação formal, mas na transformação completa do trabalho com o aluno. O projeto avançou do tradicionalismo para uma postura progressista, de forma que a escola pudesse se estabelecer como uma mediadora entre o aluno e a realidade para que o saber nascesse também da experiência e do diálogo.

Nos anos seguintes, foram inauguradas as classes do 3° ao 9° ano do ensino fundamental II, e a instituição se passou a se chamar Colégio Integração Pequenino Mundo. O novo nome é um marco de sucesso na história de pais e alunos.  

De 2001 a 2013, formaram-se no colégio mais de 12 turmas do 9º ano do ensino fundamental II, demonstrando todo seu mérito e dedicação na educação de jovens na cidade.

No ano de 2014 colégio optou por oferecer somente o ensino infantil e ensino fundamental até o 5º ano, acreditando que sua atuação deveria ser focada e dedicada aos alunos das primeiras séries da educação escolar.

Neste mesmo ano, a administração e direção do colégio passa ser gerida somente pela psicopedagoga Marilene Pereira, direcionando a atuação pedagógica do colégio para um atendimento amplo das necessidades de seus alunos.

 Atualmente o colégio oferece o serviço de hotel escola em período parcial e integral para crianças a partir de 1 ano. Esta atividade se iniciou em 2010, e tem se expandindo a cada ano, oferecendo para seus alunos ações de reforço escolar, além e aulas especializadas de capoeira, etc.

Com 30 anos de atuação, o Colégio Integração Pequenino coloca em prática o compromisso com entusiasmo, prontidão, seriedade e ética na busca da formação cidadã na cidade de Uberlândia.

Projeto Pedagógico


Nossa proposta apóia-se na pedagogia socio-interacionista, visando o desenvolvimento físico, intelectual, emocional e social do educando. Temos como objetivo formar um aluno cidadão, desenvolvendo seu espírito crítico e criativo e assegurando-lhe a possibilidade de:

Ter pleno domínio da leitura, da escrita e do cálculo.

Compreender o ambiente natural, social e político.

Formar valores e fortalecer os vínculos com a família.

No ensino infantil utilizamos como material didático a Coleção Eco Mirim da Editora Positivo, destinada às crianças de três a cinco anos. Este propõe ampliar a capacidade de autoconhecimento da criança e, consequentemente, a habilidade de ela se comunicar e interagir socialmente, estabelecendo vínculos afetivos positivos com outras crianças e adultos.

Para os alunos do ensino Fundamental utilizamos a Solução Educacional Conquista da Editora Positivo, que oferece aos alunos uma proposta de educação e futuro, integrando a família, a escola e a comunidade.

No decorrer do ano, o professor utiliza os seguintes parâmetros no ensino fundamental: exercícios avaliativos quinzenais, trabalhos individuais e de grupos e provas bimestrais. São avaliadas as tarefas de casa e a participação dos alunos em todas as atividades propostas.

Para a promoção, o aluno deve ter 60% de aproveitamento. É importante ressaltar que o interesse do aluno não deve se limitar à obtenção de notas; deve ser movido pelo desejo de aprender. A consciência que o aluno é o maior beneficiário do sucesso de cada trabalho ou tarefa é estimulada pelo colégio e deve ser reforçada pelos pais. Na avaliação do desempenho dos alunos do Ensino Fundamental será considerado, não apenas o resultado final, mas o processo que envolve a avaliação de atitudes e habilidades.

A avaliação na Educação Infantil é pautada na LEI da LDB e nas concepções teóricas da educação progressista. Durante a Educação Infantil o professor observará e registrará os processos de aprendizagem dos alunos com o objetivo de acompanhar e apoiar o seu desenvolvimento, sem utilizar a avaliação como um instrumento punitivo ou coercitivo ou impedir a sua evolução.

Nossa equipe de educadores é composta de profissionais qualificados que promovem um trabalho em conjunto a família, viabilizando a formação integral dos alunos. O corpo docente adota uma postura reflexiva sobre a orientação dedicada aos alunos, estando sempre acessível a novos caminhos e soluções pedagógicas. 

A direção e a coordenação pedagógica desenvolvem um trabalho de acompanhamento individual do desenvolvimento do aluno, buscando junto com o corpo docente, estar próximos da realidade dos alunos e das famílias.

Condutas de Convivência


O professor tem papel de orientador na busca por conhecimento e o comprometimento do aluno é essencial para que o ambiente do colégio propicie uma interação produtiva. Existem algumas condutas que amparam a boa relação interpessoal e intergrupal:

Pontualidade: Ensino regular - Turno vespertino - 13h às 17:30h. Respeitar esses horários permite que o aluno aproveite integralmente as tarefas propostas.Os horários do período do hotel escola variam de acordo com a opção contratada pelos pais.

Uniforme escolar: O uso do uniforme escolar é prático e confortável. Também garante a identificação do aluno pelo colégio e comunidade, colaborando com sua segurança. O uso é obrigatório.A venda do uniforme é feita na escola. O uniforme de frio é confeccionado sob encomenda.

Material escolar: É de responsabilidade dos pais etiquetar o material com o nome do aluno, inclusive pastas, lancheiras e vasilhas de lanche, facilitando assim nossa organização.

Faltas: Caso o aluno precise faltar às aulas por algum motivo, é de responsabilidade dos pais informarem o colégio e se inteirarem das atividades que foram realizadas durante a ausência. Se o aluno não comparecer em dias de avaliações, ele deverá apresentar atestado médico garantindo o direito de fazer a avaliação. Os pais devem também notificar se o aluno estiver fazendo uso de algum medicamento.

Disciplina: A disciplina é resultado da tomada de consciência do aluno sobre o comportamento adequado para aquisição de conhecimento e desenvolvimento de suas competências. Enfatizamos que a postura colaborativa do aluno é essencial para a troca de experiências. O diálogo é o balizador em casos de indisciplina. O colégio divide com a família a responsabilidade de descobrir a causa do mau comportamento e solucionar o problema e, somente se necessário, formaliza a advertência.

Saúde: A saúde física e emocional de cada aluno é muito importante. Os pais devem ficar atentos e comunicar ao colégio se comprovar qualquer mudança de comportamento de seus filhos, tais como: ansiedade, choro sem motivo, desinteresse pelas tarefas, etc.

Cultura e Lazer: O colégio promove intercâmbio de conhecimentos e também incentiva o convívio entre alunos além do espaço do colégio. São realizadas excursões culturais no decorrer do ano: visitas a museus, teatros, clubes, entre outros espaços da cidade em que vivemos. Nenhum passeio é feito sem a autorização dos pais.

Tarefa de casa: A tarefa de casa é uma extensão do aprendizado. Ela deve ser feita pelos alunos, cabendo aos pais ou responsáveis orientar e incentivar a responsabilidade de realizar a mesma com atenção e zelo.

Calendário Escolar: É importante tomar ciência do calendário escolar antes de marcar viagens ou outros compromissos.

Aulas especializadas e dia do brinquedo: O colégio oferece aulas especializadas de musicalização, judô, ballet e inglês. Os horários devem ser observados no caderno de recados. O Dia do Brinquedo faz parte da grade horária regular, oportunidade que a criança tem de levar para o colégio seu brinquedo preferido com o objetivo de incentivar o coletivismo e a socialização entre os alunos.

Segurança: Para evitar acidentes no colégio, não é permitido que os alunos levem ao colégio objetos cortantes e outros de valor que podem desviar a concentração, tais como: máquinas fotográficas, celular e outros.